É preciso preservar a memória

A Alemanha recorda o Holocausto com flores e advertências contra a extrema-direita.

Cidadãos e políticos reúnem-se nos campos de concentração para homenagear os mortos assassinados pelo regime nazi.

Fonte: LA VANGUARDIA.es domingo, 28 de enero de 2007

Comentários

Mnauel Norberto Baptista Forte disse…
Para alguns Portugueses que já se esqueceram ou fazem por tal de que o fascismo existiu em Portugal durante 48 anos, acho um bom exemplo aquele que nos é disponibilizado para comentar.

Mensagens populares deste blogue

Goldman Sachs, política e terrorismo financeiro

Miranda do Corvo, 11 de setembro

Maria Luís e a falta de vergonha desta direita