Portugal de joelhos

Clique uma vez sobre a imagem e, depois, no canto inferior direito para obter o tamanho natural

A única censura é o papel timbrado de uma instituição do Estado. Imagem publicada aqui.

Comentários

Anónimo disse…
CE:

Neste momento da vida portuguesa, em que se dabate um grave problema que atravessa a sociedade e põe aos cidadãos questões éticas, de consciência e de cidadania, onde se pretende salvaguardar a dignidade da mulher, a Igreja, com a suas tentações pontificantes, vai fazer proliferar, de modo endémico, as inefáveis missas de acção de graca. São os "comícios da religiosidade". É o tocar a rebate.

A derrota do SIM é um sério revés para as forças progressistas e, no meu entender, para Portugal.

Todavia, porque todas as medalhas têm reverso, a derrota do NÃO é, também, um sério revés nas pretensões hegenemónicas da Igreja perante a sociedade portuguesa e, consequentemente, no aparelho de Estado. Visível no LNEC, como já foi na DGCI.
Quem se segue?
Anónimo disse…
A Associação Empresarial das Casas de Alterne convida V.Exas. a participar numa missa de acção de graças por alma de todos os seus clientes que se passaram (duplo sentido).
Consumo obrigatório 100 Euros.
Assina: "Reinaldo Teles"
Anónimo disse…
Mas afinal, qual é o problema ?

É um grupo de amigos que manda dizer a missa e por acaso o papel é dos serviços...o importante é, controlar o oportunismo dos políticos...o venha a nós permanente, o resto é treta.
Anónimo disse…
Pois, pois. só vejo aquilo que quero...
E por outro lado, faz-me lembrar a máxima: "pimenta no cú dos outros é para mim refresco!".
Isto é que importante...!
Anónimo disse…
Eu diria: "Portugal continuadamente vergado"
Anónimo disse…
Esta merda é importante pra caraças! De facto, este Esperança, liga a coisas que ninguém liga, mas enfim... São os ódios !!! São os ódios....
Anónimo disse…
Se as pessoas fossem obrigadas a ir, teria toda a razão, agora assim, não vejo onde está o problema!
Sr. Esperança, desculpe, mas o senhor permite que eu seja católico! Veja lá, se não estiver de acordo por favor não me faça mal ok? desculpe meu bom homem...
Anónimo disse…
Sr. Esperança, desculpe, mas o senhor permite que eu seja católico?

Resposta: Eu é que posso perguntar se o senhor não me obriga a sê-lo!
Anónimo disse…
Não estoou admirado... Com uma resposta destas à minha pergunta, têm razão aqueles que afirmam que a sua inteligência é bastante diminuta!
O sr só critica quem tem fé e é católico. Não querendo fazer juízos à sua inteligência, pergunto-lhe, desde quando esta instituição obrigou as pessoas a ir à missa????
Ai meu Deus (ops desculpe), ai Sócrates, sócrates como vai a cebeça de algumas pessoas!!!!
Anónimo disse…
pergunto-lhe, desde quando esta instituição obrigou as pessoas a ir à missa????

Resposta:
1 - Nas Escolas do Magistério Primário da ditadura;

2 - Nas escolas primárias;

3 - Nas Escolas de Enfermagem;

4 - Em diversos serviços públicos onde os funcionários que faltavam nunca mais eram promovidos.

Algum bispo se queixou do exílio dessa grande figura da ICAR, Ferreira Gomes, bispo do Porto?

P.S. Aprecio particularmente o padre Anselmo Borges, de Coimbra (escreve no DN) e o Eng.º Guterres. A religião é do foro particular e nada tenho a ver com isso a menos que se usem os serviços públicos para fazer proselitismo.
Anónimo disse…
Mas estamos todos de acordo, a única diferença é que eu não destilo ódio com o veemência que você o faz. (chega a dar para desconfiar !!!!! )
Se tivessem feito uma cerimónia para ortodoxos (desde que os houvessem claro), ou budistas, estava totalmente de acordo. Cada um é livre de ir para o que quer!
Sabe senhor, quando as pessoas têm falta de argumentos, normalmente costumam ir buscar coisas e coisitas que nada têm a ver com a discussão, como foi o seu caso!
Eu estava-lhe a falar do LNEC e do Paulo Macedo (espero que tenha percebido ou quer que repita?), e não de antigamente que, aí estamos todos de acordo e era uma violência e uma ilegalidade que se fazia!
Anónimo disse…
ahahahahahahha
ahahahahahahahahaha
ahahahahahahahahahahah
ahahahahahahahahahahahahaha
ahahahahahahahahahahahahahahaha
ahahahahahahahahahahahahahahahahaha

FABULOSA FRASE:

"...4 - Em diversos serviços públicos onde os funcionários que faltavam nunca mais eram promovidos"

AHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHHAHAHA

lembre-se do que disse hoje ok? Conhece seguramente o novo Estatuto da carreira docente não conhece???? então lembre-se do que hoje acabou de dizer que se fazia erradamente antigamente ok?

Depois falamos... recorde este dia certo?????
Anónimo disse…
A "incrustação" subliminar de uma desbotada imagem, conotada com a religião, na folha timbrada do LNEC - que serviu para a inaudita convocatória - é reveladora do "espírito de cuco" dos promotores da dita cerimónia.

- Cuco é um pássaro que põe os ovos nos ninhos dos outros.

Mensagens populares deste blogue

Associação Ateísta Portuguesa (AAP) - RTP-1