Franco e Salazar

Criminosos, cúmplices e desconfiados

Comentários

Anónimo disse…
O quê???? o Franco também ficou em primeiro lugar na escolha do "Grande Espanhol", à semelhança do que aconteceu em Portugal com Salazar????
Não posso crer!!!! Em Portugal entende-se porque ganhou o PS de Sócrates, agora em Espanha...
Nã... não posso crer...
Carlos Esperança disse…
Anónimo:

É para recordar aos nostálgicos os criminosos que oprimiram os povos ibéricos.

Em Portugal e Espanha, depois da democracia, nunca mais se assassinaram adversários políticos.

É pouco?

É um progresso notável.
Anónimo disse…
O primeiro comentário (12:49:01) está na linha de muitos outros que neste espaço vêm sendo publicados, pelo que, podemos considerá-lo como vindo de uma pessoa normal.
Talvez por isso possamos recordar Umberto Eco, quando diz:
"Há quatro tipos ideais: O cretino, o imbecil, o estúpido e o palerma. O normal, é a mistura equilibrada dos quatro."

"Pura dedução"
Anónimo disse…
ó Anónimo (01:13:16) obrigado pela normalidade que me atribuis, deduzo que assim não te consideras, senão jamais perderia tempo a escrever o comentário. Por esse facto, mais uma vez deduzo que sejas anormal, isto é, uma mistura desequilibrada dos quatro!

Deixa lá... não se pode ter tudo!
Anónimo disse…
Com sarcástica ironia apetece-me comentar a foto, assim:
"les bons esprit se rencontre"...

Adenda:
Les bons et les mauvaises...
Anónimo disse…
A toda a intelectualidade Coimbrã recordo que preocupante é o facto do Presidente, frequentador da noite e diz-se fornecedor de prostitutas aos árbitros para ganhar campeonatos, Pinto da Costa ter ficado classificado em 17º lugar, entre os maiores de sempre.
Favor comentar.

Zézé.
Anónimo disse…
Olha que dois, num “tête-à-tête”, com Badajoz à vista.
Criaturas suspeitosas e sinistras, tão diferentes e tão iguais:
Um, o labrego, cruel e melífluo, o outro, o Galego, sanguinário e visceral.
Ambos desconfiados: o nosso (salvo seja) só fazia fé na Maria e no Cerejeira, o outro só confiou, mesmo, na Guarda Moura que lhe serviu de escolta.
Quantas torturas e assassinatos no segredo das cadeias!? Quantos cadáveres em África, nas Astúrias, na frente do Ebro, etc.
Dois fascistas com a vida coberta pelo véu do luto.

jrd
Anónimo disse…
Os concursos, os reality-shows, os talk-shows, etc., são meros fenómenos televisivos. A sua matriz é a ficção, a ilusão, a exibição ou, ainda, o divertimento (de bom ou mau gosto).

É interessante e caricata a valoração que lhe atribui a orfã Direita, deste País. Há mais de 30 anos sem um pai tirano...
Não sabemos se a partir daí não exigirão um referendo com a singular pergunta:
"Oh! tempo voltas para trás?"

Estão tão contentes que mais parecem terem descoberto, no sorumbático ditador, a "floribela" da direita.

Mensagens populares deste blogue

Goldman Sachs, política e terrorismo financeiro

Miranda do Corvo, 11 de setembro

Maria Luís e a falta de vergonha desta direita