Referendo ao aborto

Bispo de Viseu diz que votaria Sim se estivesse em causa despenalização da mulher

O Bispo de Viseu, D.Ilídio Leandro, declarou terça-feira em Viseu que votaria sim se o que estivesse em causa no referendo de 11 de Fevereiro fosse a despenalização da mulher que pratica o aborto.

Comentário: Pois é isso mesmo que está em causa.

Comentários

Anónimo disse…
Hum! -Não sei se compro esta estória.
Cheira-me a "vigésimo premiado", como os que se vendem aos incautos em Sta. Apolónia, i. é, palpita-me que se trata do conto do "vigário" (esta foi boa).
Sendo a distância espacial entre Castelo de Vide e Viseu de 250 klm e a distância temporal de 186 anos (1821/2007), a viagem demorou algum tempo a preparar, mas, com a condução eficaz do piloto Marcelo sob a orientação do seu navegador Melícias, foi fácil para a Corporação, levar a carta ao Leandro.
Cá para mim está tudo muito claro: Se as sondagens se confirmarem, o resultado do referendo, vai ser uma derrota para a ICAR, que, por essa razão, começou a alterar a estratégia, para minorar os prejuízos e lavar um pouco a face.
Veremos até onde vai o golpe de rins.

"desmancha-prazeres"
Carlos Esperança disse…
"desmancha-prazeres":

Não confunda os desejos com realidade. A ICAR, em Portugal, raramente tem derrotas.

Gostava de partilhar o seu optimismo, até porque é de um problema de saúde pública que se trata.

E custa-me ver mulheres em tribunal, pelas razões sabidas, com a sua privacidade devassada e vítimas de humilhações terríveis.

De qualquer modo sei que no dia 11 votaremos ambos no SIM.
Anónimo disse…
O bispo está a jogar com dois baralhos. Se até ao referendo nao for obrigado a dar o dito pelo não dito como fez o cardeal Policarpo, estará airosamente perante a vitória do sim e com o perdão cristão na ponta da língua.
O presidente Silva irá assinar a lei que despenalizará o aborto. Já aqui o escrevi e me esforço por isso!
Anónimo disse…
Isto é uma conveniente misericórdia. Nada mais.

http://avenidacentral.blogspot.com/2007/01/que-no-haja-mais-confuses.html
Anónimo disse…
"Comentário: Pois é isso mesmo que está em causa."

Pois não é não! Mas para quê explicar ao senhor "sabe tudo", ainda por cima é burro, com um coemntário destes, mas enfim...

Comentário: Pede-se a alguém que explique a esta alma o que o Bispo disse! Coitado do Esperança, os anos passam e ele continua com as mesmas dificuldades de compreensão que tinha noutros tempos (era o gozo da escola)
Anónimo disse…
Pir acaso não é.

A despenalização seria a proibição do aborto mas a não penalização da mulher, um pouco como nas drogas, não é proíbido consumir, mas é proíbido vender.
Manuel Norberto Baptista Forte disse…
O proferidor das palavras está a apelidar-se de iluminado e apelidar os outros de tolos, ou que é que se passa?.
Se não sabem, reorganizem-se, e assim ajudem a construir uma sociedade mais justa e livre, sobretudo de opinião.

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975