Até a direita se envergonha dele

Câmara da capital espanhola votou pela retirada de todos os títulos honorários por si concedidos ao Generalíssimo.

A cidade de Madrid decidiu retirar todos os títulos honoríficos por si concedidos ao Generalíssimo Francisco Franco durante o período da ditadura, entre 1939 e 1975.

O conselho municipal votou a favor e por unanimidade da retirada das honras a Franco,” anunciou um porta-voz da câmara da capital espanhola".


Comentário: Resta-lhe a eterna admiração de Santo Escrivà e o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Coimbra.

Comentários

e-pá! disse…
E... a "despromoção" da proclamação, da então, Junta de Defesa Nacional, em Outubro de 1936, a "generalíssimo dos Exércitos"?...

A Lei da Memória Histórica não chega lá?

"Tudo o que começa com raiva, acaba em vergonha."
Benjamim Franklin
Mano 69 disse…
O pior vai ser tirar o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade de Coimbra ao espanhol. Não nos podemos esquecer que houve lugar a despesas com a cerimónia, tendo sido inclusivamente feito à medida o Anel, a Borla e o Capelo usada na cerimónia.


"Tudo Está Bem Quando Acaba Bem..."
William Shakespeare
Mano 69 disse…
E agora algo completamente diferente para o CE:

Se os homens são assim tão maus apesar da ajuda da religião, como seriam eles sem ela?
Benjamim Franklin
Menos maus, mano 69.

Ninguém mata por não ter fé mas todos os dias se morre à mão de quem tem fé a mais.
Stefano disse…
Escrivá era o "Cerejeira" espanhol?
Stefano:

Escrivà era um fascista, admirador de Franco, cúmplice, que fundou o Opus Dei.

Morreu com o desgosto de não chegar a bispo mas preparou o caminho da santidade.

Cerejeira era um cardeal português, também fascista, que defendia a guerra colonial e o Salazar.
Stefano disse…
Sei disso. Mas Escrivá não chegou a ser "conselheiro espiritual" de FF?
Mas o Salazar não se confessava. Como tinha andado no seminário conhecia o perigo da confissão.
Stefano disse…
Mas Salazar não era católico ultramontano?
Mais ultramontano do que católico.
Stefano disse…
é 1 ironia 1 ultramontano não se confessar

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

A ânsia do poder e o oportunismo mórbido