Em questões morais deve haver liberdade de voto

A líder do PSD, Manuela Ferreira Leite, disse hoje esperar que os socialistas portugueses tenham «sentido da responsabilidade e do interesse nacional» e votem favoravelmente a recondução de Durão Barroso como presidente da Comissão Europeia.

Comentário: A líder do PSD confunde o provincianismo com o interesse nacional.

Comentários

Manel disse…
A Manuela ainda confunde o "interesse nacional" com o "a bem da nação".
Heranças da ANP, só pode!
e-pá! disse…
É cada vez mais incomodativo a petulância de um grupo de portugueses, ou inclusive, de um partido político, de se arrogar o direito de definir o que é, e o que não é, o "interesse nacional".

Nunca me esqueço que foi sobre este guarda-chuva (dogma) que suportamos, ou melhor, sofremos, mais de uma dezena de anos de guerra colonial...

O "interesse nacional" é um conceito tão volúvel, etéreo e diáfono que o devemos guardar para circunstâncias especiais, onde a consensualidade impera.

O que não é o caso!
Adamastor disse…
Que ganda provinciano é o Eng. Sócrates...
polytikan disse…
o "interesse nacional" não justifica a escolha do líder da comissão, pois que a esta cabe zelar pelo "interesse comunitário"...
por isso, o apoio de sócrates a durão é no mínimo um equívoco, a menos que sócrates entenda que o interesse nacional coincide sempre com o interesse comunitário.
se durão quer ser outra vez presidente da comissão tem que mostrar ao PE que é o melhor colocado para defender o "interesse comunitário" ainda que, como muitas vezes sucede, contra o "interesse nacional" dos membros da União.

Mensagens populares deste blogue

Os incêndios e a chantagem ao Governo

Vasco Graça Moura