Momento de poesia


Dissertação sobre a carta devolvida…



É na asa do poema

que escrevo as palavras

numa mesa quadrada

um candeeiro

um jarro de flores secas

espero que ele voe

se conseguir quebrar os muros

dos silêncios

esqueci-me da posta restante

e de colar o selo no envelope

e ele veio devolvido

sem o teu sorriso.

Alexandre de Castro

Comentários

Reina disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Reina disse…
Que lindo poema!! :)

um grande Olá para todos e em especial para o Rui Cascão

Reina

Mensagens populares deste blogue

Vasco Graça Moura

A lista VIP da Autoridade Tributária