Palestina "desmilitarizada" ou a impossibilidade de contrariar Obama




Netanyahu, primeiro-ministro israelita, aceitou, pela primeira vez o princípio de um Estado Palestino.

Actuou sob a pressão dos EUA.

Por fim, impôs uma lista de condições, "leoninas".

A UE felicitou este gesto de Netanyahu...
É o que dá não ter um politica externa coordenada...

Obama afirma que que há um longo caminho a percorrer e muitas reviravoltas na estrada para se chegar lá...

Lá...,(para os mais distraídos) é a Paz no Médio Oriente (na sombra daqueles obuzes israelitas perfilados para atacar...)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Vasco Graça Moura

Notas sobre a crise venezuelana…