De Lisboa a Istambul...

... multiplicam-se os sinais de fundamentalismo religioso.









1.ª dama turca

1.ª dama portuguesa

Cavaco Silva sublinhou que já falou com o Vaticano e com as autoridades políticas portuguesas, razão pela qual não percebe porque é que o assunto não está ainda resolvido.

O que não se percebe é o interesse do PR em defender interesses do Estado do Vaticano e a interferência na esfera governamental.

Comentários

Julio Carrancho disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Julio Carrancho disse…
Será um dia a celebrar quando o nosso PR for substituído por um com melhores credenciais religiosas: isto é, que não ande por aí aplaudindo a Seita Papal, como se isso lhe garantisse um poleiro no anfiteatro do céu! Abaixo a Concordata e todo o abrigo parasitário que advém aos seus protegidos em um Estado que se esperava ser laico! Merecíamos um Presidente da República sem terços pendurados aos pescoço, que diabo!!...
Mano 69 disse…
Ele é o fundamentalismo religioso, ele é o fundamentalismo das ideias.
É pior do que as pipocas ao almoço e ao jantar.

N.B.: Carrancho amigo continue com o bom trabalho. Tenho a certeza que um dia você vai acabar por se libertar de trinta anos de opressão, quanto mais não seja “pela lei da morte”.
ahp disse…
mais uma vez Cavaco mete o nariz onde não é chamado...e mostra-se como realmente é!
Talvez alguns leitores não tenham descoberto nas duas beatas as 1.ªs damas portuguesa e turca.
Mano 69 disse…
Grande CE

Estava mortinho porque ainda ninguém tinha visto as duas "beatas" e referido os seus nomes.

Mensagens populares deste blogue

O último pio das aves que já não levantam voo

Cavaco Silva, paladino da liberdade

Efeméride – 30 de outubro de 1975