Óbvio ululante

• José Medeiros Ferreira, Cooperação estratégica ou institucional?:
    “Se a Constituição quisesse que o PR marcasse dois actos eleitorais para o mesmo dia tinha-lhe atribuído a competência de marcar a data de ambas.”

Comentários

ahp disse…
Vamos a ver o que ele decide. Sendo certo que dos 5 ou 6 partidos representados no Parlamento (digo 5 ou 6 porque nunca se consegue saber se o PC e os Verdes são 2, ou 1, ou 1,5...) só o PSD é que quer eleições simultâneas, seria preciso muita "lata" para fazer a vontade a este. Nesse caso o PR deixaria claramente de ser PR para passar a ser presidente do PSD ocupando o lugar de PR.

Mensagens populares deste blogue

Vasco Graça Moura

A lista VIP da Autoridade Tributária