Em defesa da laicidade

Um comitê parlamentar da França recomendou hoje que o país proíba o uso, por mulheres muçulmanas, do véu islâmico integral, o niqab, em edifícios públicos, incluindo hospitais, e também no transporte público.

Além disso, o órgão recomendou que não se conceda cidadania para qualquer um que demonstre sinais visíveis de "prática religiosa radical".

Comentários

andrepereira disse…
Bem!
Ser cidadão exige comunicação, personalidade, cara, dignidade.

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime