Factos & documentos

(Clique na imagem)

Comentários

ana disse…
Estou a ler, da mesma autora, a História das Organizações Femininas do Estado Novo. Ainda hoje não sei por que milagre consegui sempre passar ao lado de tudo isto. Quando tinha 11 ou 12 anos,uma miúda da MP veio convocar-me para participar nos trabalhos (tapetes de flores e coisas assim) de homenagem a uma qualquer santa. Eu disse não e nada aconteceu, os responsáveis já andavam um pouco distraídos com as crianças por essa época.Tinham demasiado trabalho a perseguir os adultos.
Futrica disse…
Na década de 1960, as escolas primárias perdidas pelas aldeias de "terras do demo", tinham poucos "afortunados" cujos pais lhes podiam comprar fardas. As solenidades fascistas centravam-se nas sedes dos concelhos de Sátão, Vila Nova de Paiva, Aguiar da Beira e Sernancelhe.
Completamente de acordo com a autora do post anterior.

Mensagens populares deste blogue

Insurreição judicial

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime