Baixa política…


O presidente do PSD protagonizou no Conselho Nacional mais uma jogada de baixa política link. Quando, frente à comunicação social expressamente convocada para o efeito, teceu considerações sobre a ronda de conversações em curso acerca da proposta do Presidente da República do dia 10 de Julho que, ao que se julga, por acordo inter-partidário, estavam a decorrer sem o tal megafone que Paulo Portas referiu na AR (quando da discussão da moção de censura dos Verdes).

Mais, mostrou-se um verdadeiro mistificador ao referir que a incerteza que o País vive decorre da demora das negociações escondendo que as causas da actual crise política residem no (público) desentendimento da maioria governamental (CDS/PSD). E nesse ensejo não teve rebuço em invocar – mais uma vez – o sentimento dos mercados, numa interpretação que acha ser única e acertada. A antecipação de eleições não é um problema para Passos Coelho mas o dirigente do PSD julga saber que os mercados não gostarão do veredicto popular antecipado pelo que o mesmo não se deve realizar agora, daqui a 1 ano ou, se calhar, no fim da legislatura.

Finalmente, tentou pressionar o PS, mais uma vez distorcendo o passado, referindo que quando estava na Oposição viabilizou PEC’s, Orçamentos e até aumentos de impostos (sobre os quais na altura fez a rábula de pedir desculpas públicas). Esqueceu-se do que o PS já viabilizou nestes últimos 2 anos e passou ao lado do ‘chumbo’ do PEC IV.

De facto, o desespero deve ser muito grande. O recurso às ‘narrativas’ mais espúrias e inconsistentes mostra que entramos num período político do ‘vale tudo’. Que é o mais recente condimento deste partido para tentar prosseguir, por todos os meios, a desastrosa governação em que está apostado.

Sobre as declarações proferidas no Conselho Nacional do PSD, tornadas públicas por decisão deste órgão, nada mais podemos esperar do que o bloqueio dessas negociações em curso. Amanhã, Passos Coelho, deverá - usando a 'baixa política' - vir a terreiro culpar o PS pela não obtenção do tal 'compromisso de salvação nacional'.
Já nada, vindo da boca desse manipulador, espanta os portugueses...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime