Naquele engano de alma, ledo e cego, que a Fortuna não deixa durar muito…

As ‘negociações’ / 'conversas' interpartidárias para o falhado ‘pacto de salvação nacional’ começam a ter alguns desenvolvimentos e à sua volta aparecem súbitas e interessantes 'revelações' / 'soluções'.

Se não vejamos a proposta apresentada pelo PS nas reuniões que decorreram um exploratório e penoso percurso de hipotética ‘salvação nacional’:

1.4.4. Criação do Banco de Fomento

A criação desta instituição financeira – com licença bancária – deve permitir a articulação com as demais entidades bancárias, utilizando um leque abrangente de soluções, desde o financiamento, à emissão de garantias, à exploração do negócio de seguros de crédito, entre outros produtos financeiros.

O desenvolvimento de um Fundo Financeiro para o Desenvolvimento de Recursos Endógenos (agro-alimentares, florestais, mar e serviços desenvolvidos a partir do factor terra) foi uma das propostas apresentadas pelo PS que deve ter prosseguimento. O desenvolvimento do perímetro de rega do Alqueva é só um elemento ilustrativo desta aposta”.

Aparece, de imediato, o BCE (na realidade o 'pai' de todos os nossos credores) a indicar a bom caminho - aquele que conduz ao 'sucesso':
…BCE oferece mais estímulo ao crédito às PME link.

Tradução:
O BCE está a dizer que o crédito para o estímulo da Economia deve ser intermediado pela banca comercial.
Nada é possível fazer que possa eventualmente prejudicar os interesses da banca. Este parece ser o caso de um Banco de Fomento em discussão há cerca de 1 ano e que, desde o consulado de Vítor Gaspar, tem sido sistematicamente ‘congelado’ (numa cínica posição de obstrução).

O negócio é este: Os bancos irão buscar capitais ao BCE à taxa de referência de 0.5% e vamos esperar sentados para ver a que juros endossam – se na realidade o fizerem - às PME.
Estes são os passos prévios para o plano de continência do 2º. (suave) resgate em adiantado estado de incubação.

Trata-se de [mais] um negócio 'tipo robot’: simples, barato e dá milhões (à banca).

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime