COIMBRA - SOLIDARIEDADE COM AUNG SAN SUU KYI


Cidadãs / Cidadãos de Coimbra

AUNG SAN SUU KYI, de 63 anos, pacifista de Myanmar, Prémio Nobel da Paz em 1991, Líder da Liga Nacional para a Democracia, cujo estado de saúde se tem degradado, foi presa ontem, quinta-feira, pela Junta Militar, no poder desde 1988, na temível prisão de Insein, perto da Capital Yangon, correndo o risco de lhe ver aplicada uma pena de três a cinco anos de cadeia, a somar aos quase 20 anos de prisão que já leva.

É considerada a Nelson Mandela deste século e o seu combate pela Democracia segue a linha pacifista de Gandhi e de Luther King.

Ela, a Liga Nacional para a Democracia e os Cidadãos de Myanmar, merecem a nossa Solidariedade.

Para lhe prestar Pública Solidariedade, convido-a(o) a divulgar e a participar no breve Acto Cívico, que tomo a iniciativa pessoal de levar a cabo, no dia do seu julgamento, próxima segunda-feira, dia 18 de Maio, pelas 19h00, junto ao Monumento ao 25 de Abril, na Rua Antero de Quental, em Coimbra.

Saudações Cívicas

Coimbra, 15 de Maio de 2009

a) Cidadão José Dias
(Membro da Amnistia Internacional)
***************************************************************************
Nota - Ponte Europa divulga este apelo manifestando viva solidariedade para com AUNG SAN SUU KYI e o mais profundo repúdio pela ilegal e repressiva junta militar que oprime a Birmânia.

Comentários

Mano 69 disse…
Gostei do "cidadão" antes do nome, revela um arreigado espírito tipo Tomada da Pastilha…
Zeca Portuga disse…
Cuidado que ela não gosta dos ateistas!!!!

Mensagens populares deste blogue

Associação Ateísta Portuguesa (AAP) - RTP-1