Espanha e o PSD

Há vários dias alertei, neste espaço, que todos os dirigentes do PSD seriam responsáveis pelas graves afirmações de Paulo Rangel, caso não desmentissem ou não se demarcassem das suas atuardas contra os nosso queridos vizinhos e irmãos espanhóis.

Ninguém teve a decência de dizer uma palavra. Passou o prazo!

A partir de agora o PSD é responsável por a direita portuguesa voltar ao mais absurdo nacionalismo anti-espanhol, entrando num suposto clima de afrontamento com nefastas consequências para o pais.

Sei bem que em Espanha essas declarações foram olimpicamente ignoradas. Como é evidente!

Mas os Ministérios dos Negócios Estrangeiros trabalham e guardam registos. Se um dia o PSD voltar ao Governo, aqueles vídeos serão adequadamente utilizados.

Lamento que dezenas de pessoas, por quem tenho estima e consideração, e que são líderes do PSD, nada tenham dito sobre este assunto para corrigir a imagem desse Partido, que assim fica com uma mancha grave.

Comentários

polytikan disse…
o psd regressou ao ppd mais primário, do humor de taberna com cheiro a carapau frito rançoso e molho vinagrete.
é o Portugal do estilo piroso, com um palito numa mão e o telemóvel na outra, a agendar assuntos e a comentar o novo (?) treinador do slb...
mete dó, é verdade, mas ponham-lhe um babete e a figura fica melhor - pelo menos já não mancha a gravata.

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime