Debate político e com regras

Acabo de ter o privilégio de assistir ao "cara a cara" entre os cabeças de lista do PSOE e do PP.
Gostaria de destacar apenas duas ideias:
- tratou-se de um debate com dois candidatos com ideologias claramente definidas
- as regras rigorosas permitiam uma exposição clara, educada, mas forte, corajosa e decidida de ideias tão distintas que separam os candidatos.

Sou suspeito para julgar quem ganhou o debate. Em verdade, com este formato todos ganham: ganham os dois candidatos e ganha o público e o eleitor que pode entender de forma translúcida os dois mundos que vão a votos: a direita conservadora e a esquerda moderna e progressista.

Seria bom que o PS - supostamente tão "poderoso" - tivesse imposto este tipo de regras nos debates em que o Prof. Vital Moreira participou. Assim, as ideias teriam vingado, a opinião pública teria sido esclarecida e cada um poderia tirar as suas conclusões e fazer as suas opções em função dos seus valores e do seu modo de ver o mundo.

Comentários

e-pá! disse…
Caro André:

O "espectro" político espanhol é completamente diferente do português.

Para além das regras do debate que aprecia - e bem - os campos políticos e ideológicos são muito mais "marcados" em Espanha, do que por cá.

O Dr. Rangel, sem programa, nem cartilha, enche-nos diariamente os ouvidos de soundbites.
Utiliza tão intensamente a comunicação social que acabará, um dia, devorado por ela...
É só esperar!

Mensagens populares deste blogue

Insurreição judicial

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime