Carnaval madeirense

Alberto João Jardim demitiu-se. Aposto que se recandidata. Em política, não deviam ser permitidas partidas de Carnaval.

Comentários

Hans disse…
Devidamente acolitado pelos seus conselheiros estrangeiros preferidos, o Johnny Walker e Jack Daniels, desta vez, o Rei Momo AJJ, manteve-se firme no palanque e anunciou o pedido de demissão.
O Entrudo no Funchal atingiu o climax.
Anónimo disse…
Exmo Sr. Carlos Esperança!

Pelo seu "Amor público" a AJJardim, dá-me a ideia que já se deve estar a masturbar de felicidade ante a demissão de Jardim!...
Deixe-me que lhe pergunte:
O senhor é capaz de, honestamente, comparar, por exemplo, o desenvolvimento da Madeira, em 30 anos, com o da sua "douta" cidade de Coimbra?
E Coimbra até teve muitos milhões de Bruxelas, como teve o continente e o que é que temos?
Uma estação ferroviária que envergonha a cidade, uma cidade a caír aos pedaços a a arrastar-se numa briga de galos com Aveiro ou Leiria, umas vias circulares semeadas de rotundas e aqui ao lado, um país atrasado e na cauda da Europa. Grandes políticos estes, os do continente.
Tenha juízo. Deixe-se de ofensas ao povo da Madeira e respeite quem já fez mais pelo país que dezenas de "iluminados" no continente.
Se Sócrates o enche de orgulho com a sua cara de mau, triste consolo.
Mais depressa cairá o "grande Sócrates" na desgraça, quando o país acordar do encatamento e o correr à pedrada do que Jardim que tem 30 anos de história e obra em prol do povo que o elegeu e que, por muito que lhe custe ler/ouvir e ver, o continua a querer, contra tudo e contra todos!

Cumprimentos.
Manuel Nóbrega
(Madeirense)
Senhor Manuel da Nóbrega:

O que é isso de «Povo Madeirense»? Sempre julguei os minhotos e os madeirenses eram compatriotas.

AJJ fala do «povo» mas devia falar do «po(l)vo» que o Tribunal de Contas frequentemente denuncia na falta de transparência com que se aplicam as verbas.

O Sr. Manuel da Nóbrega acha mesmo que AJJ tem educação e formação democrática para ocupar o lugar de presidente da RAM?

A eternização no poder de alguém que desrespeita os órgãos da soberania é um insulto ao País que lhe dá a mão que morrde.
Mano 69 disse…
Pois morrrrrrrrrrrrrrrde morrrrrrrrrrrrrrrde!
Anónimo disse…
Sr. Carlos Esperança!

O "Povo Madeirense", termo que tanto o escandaliza, é o mesmo que o "Povo de Coimbra" ou de outra terra de Portugal.
De resto, registo apenas que não respondeu a nenhuma das questões que lhe coloquei...
...Ou então terei de escrever numa linguagem que perceba, coisa que não me apetece por achar que não vale a pena.
Fique lá com o Tribunal de Contas e com o seu glorioso Engº Sócrates.
Merecem-se todos uns aos outros!


Manuel Nóbrega
Sr. Manuel da Nóbrega:

Se o povo da Madeira significa população (como povo de Coimbra, expressão sua) então cada povo tem o governante que merece.

Fique lá com o Alberto João que do Minho a S. Miguel estamos todos fartos dele. E, sobretudo, da sua falta de educação.
Anónimo disse…
Ficam aqui respigadas, ao acaso, claro está, algumas das verbas da despesa do orçamento para o ano de 2006.
Então aqui vai:

- Festival de poesia do Porto Santo: € 301.338,00

- Restauração de órgãos de igrejas: € 1.534.694,00

- Campanha de imagem: € 9.838.173,00

- Material promocional: € 4.937.262,00

- Festa do fim do ano: € 64.720.184,00

- Promoção de provas automobilísticas: € 4.254.725,00

- Promoção do golfe: € 4.893,008,00

- Subsídios aos clubes de futebol «Marítimo» e «Nacional»: € 21.358.448,00

- Ajudas para as deslocações dos clubes de futebol «Marítimo» e «Nacional»: € 10.157.800,00

- Participação no capital das S.A.D.’s dos clubes de futebol «Marítimo» e «Nacional»: € 87.500,00

- Apoios a outros clubes de futebol: € 21.060.936,00

Total destas pequenas e singelas 11 rubricas: € 143.144.068,00.
Por coincidência, um valor próximo do tal aumento do endividamento líquido da Região Autónoma.
Mas é só coincidência, claro!

Não há dúvida: Alberto João Jardim tem muita razão para estar chateado!
Mandem mais dinheiro para a Madeira!

- JÁ! O Marítimo precisa de reforços!

NÃO É SÓ O ALBERTO, TEMOS TODOS RAZÃO PARA ESTAR CHATEADOS!
É que nós somos todos sócios do Marítimo e do Nacional, por parte do IRS!
Anónimo disse…
A mula da coopertiva deu dois coices no telhado.
É Carnaval!
ana conda disse…
Sr. Manuel Nóbrega

Não sei se Coimbra tem mais "milhões de Bruxelas" que AJJ já teve do Continente...

O outro Arquipélago desenvolveu-se apenas após o 25 de Abril. Até aí os continentais tinham implementado o desenvolvimento turístico à "Pérola do Atlântico". Em termos de beleza natural, não há comparação! Não teve um ditador vitalício, grosseiro, sacador de verbas aos contribuintes continentais para distribuir pelos "que são por mim"...

Também não sei se o povo madeirense está para AJJ como o do continente esteve para AOS...
Só quem não viveu o fascismo, com informadores da PIDE e Legião por meia dúzia de tostões, poderá não entender o "verdadeiro povo" da Madeira.

Será que merece a máxima "INDEPENDÊNCIA PARA A MADEIRA JÀ! Paguem o que devem!"???
Jota Vê disse…
O Descaramento Insular, ou como é fácil governar em abastança, com o dinheiro de outros...

Alberto João Jardim afirmava que: “as verbas atribuídas ao ‘Jornal da Madeira’ servem para manter o pluralismo na comunicação social”, reagindo assim ao relatório do Tribunal de Contas que refere que o Governo Regional da Madeira atribuiu cerca de cinco milhões de euros àquele jornal em 2005. (A propósito: sabe quanto é cinco milhões de euros em moeda antiga?).

Nota: além das assessorias de Johnny Walker e Jack Daniels, o amigo Hans esqueceu-se de referir a vertente feminina, a Poncha, a conselheira de outras horas.
Anónimo disse…
E a corrupção?ninguém fala dela.Os municipios todos(por acaso pertencentes a esse partido cheio de responsabilidade,rigor, do PSD)estão a braços com a justiça cega.está claro que com o 'pacto de regime' se tornam Intocáveis.Se investigassem,melhor,se divulgassem as 'lisuras' desse coio,concerteza que eles iriam para o sítio onde devem estar.Juntamente,com os pilha galinhas...........
Anónimo disse…
Mas afinal, qual é o problema ? Estamos fartos, independência para a Madeira já.

Deixai o AJJ em paz, com a independência, ele que se desmerde, vá pedir dinheiro ao Totta.
Eduardo Barrento disse…
Com o dinheiro dos outros também eu faria obra. E não é comparável o que a Madeira recebeu com o que receberam as outras regiões: além da Europa, também recebe do continente; e recebe mais do que contribui.
O caso do futebol é gritante: tanto dinheiro, pretensamente para fumentar o desporto dos madeirenses - os dois clubes da Madeira na primeira liga, juntos, têm oito portuguêses - não sei quantos destes são da ilha, mas mesmo que seja os oito é pouquíssimo!
E sim, no continente também há uns palhaços como o da Madeira.
«E a corrupção?ninguém fala dela.Os municipios todos(por acaso pertencentes a esse partido cheio de responsabilidade,rigor, do PSD)estão a braços com a justiça cega (...)»

caro anónimo:

Infelizmente a corrupção nã é apanágio do PSD, é uma nódoa que escorre no pano de todos os partidos.

É, aliás, no financiamento partidário que está a origem de mutos crimes de corrupção e peculato.

Tanto quanto julgo.
Anónimo disse…
ca merda foda-se

Mensagens populares deste blogue

Os incêndios e a chantagem ao Governo

Vasco Graça Moura