Contas do Supremo investigadas



Ex-administrador daquele tribunal sob suspeita de desvio de fundos

As contas do Supremo Tribunal de Justiça estão a ser investigadas por suspeita de desvio de fundos. Sob investigação está um ex-administrador daquele tribunal.
***
Segundo o Correio da Manhã, as investigações surgem depois de terem sido detectadas algumas irregularidades nos Açores, onde Ricardo Campos Cunha esteve em funções.

Comentários

Anónimo disse…
Acho que o Correio da Manhã já merece os parabéns. Dia apos dia brinda-nos com os pormenores de situações que o jornalismo de massificação não tem tempo para investigar!
e-pá! disse…
A verificar-se um eventual desvio de fundos na administração do STJ é o "fim da picada".

Se o orgão máximo (supremo) da administração da Justiça em Portugal estiver envolvido numa situação destas, é praticamente impossível evitar uma total descredibilização deste pilar do Estado Democrático.
Claro que os juízes são homens, com todos os defeitos e virtudes mas, a capacidade que lhe está conferida de julgar (incluindo a corrupção, o desvio de fundos, etc.) confrontada com uma situação destas tem, sobre a sociedade, um impacto psicológico e deontológico brutal.
É a sensação da entrega, para guarda, de um rebanho de ovelhas a uma alcateia de lobos.
Sei que uma generalização deste teor é injusta e incorreta, mas será muito difícil evitá-la.
É certo que nunca terá sido o orgão supremo da justiça (STJ) o eventual envolvido em ilegalidades. A confirmar-se a notícia da investigação de desvio de fundos terá sido um "administrador" que, por coincidência, pertence à magistratura. Mas a imagem que transparece para a rua é que tudo de passou sob o seu tecto (STJ).
As reputações, as idoneidades, demoram muito tempo a construir, mas destroiem-se num ápice.

Pior, no meu entendimento, por mais acutilante e específica, só seria uma imaginária detecção de desvio de fundos no Tribunal de Contas....
Anónimo disse…
Afinal o que se sabe sobre estas irregularidades? que tipo de irregularidades? qual o montante? Só nos Açores ou tambem no STJ? Mais uma vez, parece-me que se está a tentar arranjar uma noticia antes desta ter acontecido.

Mensagens populares deste blogue

Os incêndios e a chantagem ao Governo

O último pio das aves que já não levantam voo