Argentina - Prisão perpétua para padre católico

La Justicia de la ciudad argentina de La Plata condenó este martes al sacerdote Christian Von Wernich a la pena de reclusión perpetua por cometer "delitos de lesa humanidad en el marco de un genocidio" durante la última dictadura militar argentina.

El ex capellán de la Policía Bonaerense fue condenado por su participación en siete homicidios, 31 casos de torturas y 42 secuestros durante la dictadura militar en Argentina entre 1976 y 1983.

Comentários

Anónimo disse…
Vale mais tarde do que nunca!
Anónimo disse…
Crime grave = pena grave, e sem "abatimentos".
Anónimo disse…
Então e a tão falada presunção de inocência até ao trânsito em julgado?!? Ah, pois, é só para os "outros"...
Anónimo disse…
Sou contra a prisão perpétua. Uma pena infame.
Anónimo disse…
golpe de vista:

Também sou contra a prisão perpétua, opinião que já tenho deixado expressa no Ponte Europa.
Anónimo disse…
Também pela idade do dito cujo, bastaria uma penazita de 25 anos para termos efectiva prisão perpétua...

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?