Tratado europeu de LISBOA

Acaba de ser anunciado o acordo.

Parabéns Sócrates.
.

Viva a Europa

Comentários

Anónimo disse…
A assinatura do denominado tratado, está marcada para hoje à tarde; certo?.
É que eu, e milhares de outros tantos Portugueses certamente nos incomoda os voos dos helis sob o céu de Lisboa, Av. da Liberdade entupida, condicionamentos de trânsito na Baixa e na Av. Infante D. Henrique, carros da P.S.P. constantemente a circular em alta velocidade e a sirene sempre apitar; é por demais aviltante tanto dinheiro gasto, depois da "ofensa" que representa o Orçamento de Estado para 2008.
Anónimo disse…
Porreiro, pá.
Correu tudo bem, e Sócrates ainda aproveitou para "humanizar" um pouco a sua imagem.
2009, aí vamos nós.
Porreiro, pá!
e-pá! disse…
Está feito o "trabalho de sapa".
Portugal está de parabéns, o Governo demonstrou capacidade diplomática e Sócrates afirmou como lider europeu.
Falta agora "gerir" a vontade europeia (que não dos governos) em referendá-lo.
Em Portugal há o compromisso nesse sentido (não podemos ignorá-lo) e vamos a ver como o Governo, as Oposições e o PR, lidam com esta situação.
Todavia, se eu fosse francês ou holandês, e verificasse que os respectivos governos neste momento fugiam ao referendo, sentia-me politicamente lubridiado.
P Amorim disse…
E então o referendo?
Na gaveta?
Anónimo disse…
'Tou lubridiado! :)
Anónimo disse…
Parabéns, Sócrates!
Desde a entrada de Portugal na CEE que ninguém conseguia um feito semelhante: graças a ti ontem verificou-se a maior manifestação dos últimos 20 anos. 200 mil pessoas é obra!
Parabéns, Sócrates! Continua a governar para as sondagens!
Anónimo disse…
Pessoalmente, acho contraproducente a ideia do referendo. Contrariamente ao que pode parecer, o referendo é um instituto não muito democrático, pois na maior parte dos casos os seus resultados não traduzem fielmente a vontade popular.Por um lado, o habitual é a maior parte das pessoas não votar (se não estou em erro, nenhum dos referendos realizados em Portugal teve resultados vinculativos, porque só votaram menos de 50% dos eleitores). Por outro lado muitos votantes, por andarem descontentes com o Governo, votam "não" a qualquer pergunta que se lhes faça, seja ela qual for; foi o que se passou com o referendo do tratado europeu em França.
Anónimo disse…
Parabéns Sócrates!!!

Temos a maior taxa de desemprego, vivemos abaixo do limiar de pobreza, até o PR se envergonha, afinal, para onde caminhamos ?

É preciso ter lata, dar os parabéns ao coveiro da nação...PS, nunca mais.
Anónimo disse…
AHP: totalmente de acordo (alguma vez aconteceria hehehe) com a sua opinião acima!
Anónimo disse…
76% dos inquiridos alemães, 75% dos britânicos, 72% dos italianos, 65% dos espanhóis e 63% dos franceses pronunciam-se pela necessidade da realização de referendos sobre o próximo Tratado.
Ora toma!
Anónimo disse…
Há claramente matérias em que o povo tem de se pronunciar. Foi assim com a regionalização e foi assim com IVG. Esta é outra matéria onde claramente me recuso a delegar aos politicos o meu voto. O Povo é tão burro a votar nos referendos, como o é a votar nos politicos para as autarquias locais, legislativas etc...
Anónimo disse…
Acho muita piada a estes socialistas!

Quando lhes convém, que avance o referendo...

Quando não lhes convém, não ao referendo !

Grande democracia! Força. xoxialistas!!!
Anónimo disse…
PARABÉNS SÓCRATES, POR TERES REALIZADO UMA IDEIA DO SARCOZY

Tristeza de país o nosso!!!
Anónimo disse…
PORREIRO PÁ!!!

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?