Governo fecha a caixa de esmolas II


De facto era escandaloso o financiamento público da UC em detrimento das (sub-financiadas) universidades públicas e permitindo a essa concorrência desleal com outras universidades privadas. Tudo graças ao limbo jurídico criado pela doutrina do "ensino concordatário".

Comentários

Anónimo disse…
Gastam os milhões de contos que conseguem arrancar aos pobres que se deixam levar pelo seu palavreado melífluo a construir basílicas faraónicas, e depois ainda querem que o Estado, com o dinheiro do povo, lhes financie a Universidade! Um governo que se preze só pode dar-lhes uma resposta: o manguito do Zé Povinho!
Anónimo disse…
Não era admissível que o Estado continuasse a subsidiar uma universidade confissional que,à custa dos impostos da cada português, construiu um sistema de ensino elitista e de duvidosa qualidade, qualidade esta muito bem escamoteada por uma hábil estratégia de marketing, que seduziu as classes possidentes. Bem espremida, a Universidade Católica não passa de um seminário para leigos.
Anónimo disse…
(Um erro ortográfico cometido no texto do meu comentário anterior, obriga-me a enviá-lo novamente, agora devidamente corrigido)

Não era admissível que o Estado continuasse a subsidiar uma universidade confessional que,à custa dos impostos da cada português, construiu um sistema de ensino elitista e de duvidosa qualidade, qualidade esta muito bem escamoteada por uma hábil estratégia de marketing, que seduziu as classes possidentes. Bem espremida, a Universidade Católica não passa de um seminário para leigos.
ana disse…
Já era mais que tempo de pôr fim a tão grande injustiça. Os católicos que os sustentem.
Anónimo disse…
Este post, deve ser dum licenciado pela Internacional, Moderna ou afim.
Essa de pedirem nas igrejas para a Universidade Católica, tem muito que se lhe diga.

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime

Tunísia – Caminho da democracia ou cemitério da laicidade ?