Contra o aborto, marchar, marchar...

O Papa Bento XVI apelou esta segunda-feira à objecção de consciência dos farmacêuticos no que diz respeito à venda de medicamentos utilizados para fazer abortos e para cometer eutanásia.

João Paulo II apelou à objecção de consciência dos advogados para não patrocinarem divórcios.

Comentários

Anónimo disse…
Acabará apelando aos espermatozóides para que façam greve...
CA disse…
A objecção de consciência não é um direito constitucional?
Anónimo disse…
A Igreja não parará na sua cruzada pela Vida.
Desiludam-se os cultores da morte, porque a batalha será por nós vencida, com honra e dignidade.
Até em Portugal, onde a vergonhosa "Lei da Morte Autorizada Para Criancinhas Inocentes" será revogada, para gáudio dos justos e horror dos esquerdistas alienados.

A marcha da Vida é imparável!

Nós somos a vanguarda dessa batalha!
Anónimo disse…
este pai de familia de que seculo é?
Anónimo disse…
Que interessa o século?

A luta pela Vida é intemporal.
Anónimo disse…
Lá vem Carlos Esperança e a sua veia anti-seminarista.
Anónimo disse…
"A marcha da vida é imparável!"

Como se a Santa Madre Igreja e o seu Santo Ofício da Inquisição não tivessem parado a marcha de milhares de vidas!
Anónimo disse…
Já o disse por outras palavras, mas, mas a essência delas repito-o hoje.
Com este Papa a Igreja Católica, retrocedeu ... e muito.
No retrocesso, talvez até já tenha ultrapassado os passinhos em fente de João Paulo II.

Mensagens populares deste blogue

Cavaco Silva – O bilioso de Boliqueime